Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro
Reprodução/Twitter
Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro

deputado federal e ex-ministro da Cidadania Osmar Terra e o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, trocaram alfinetadas nesta segunda-feira (27) nas redes sociais. Em sua conta no Twitter, Terra citou uma fala da OMS (Organização Mundial de Saúde) para criticar o  passaporte vacinal implementado pelo prefeito do Rio. Paes, então, chamou o deputado de "Dr Terra Plana" e disse que ele estava "passando vergonha".

"Prezado Doutor Terra Plana, acreditamos na ciência e também na interpretação de texto. A matéria diz que a OMS é contra o passaporte vacinal para VIAGENS INTERNACIONAIS, devido à distribuição desigual de vacinas no mundo. Se tivesse lido, evitaria passar mais essa vergonha, escreveu Eduardo Paes. 

De fato, Osmar Terra usou uma resolução da OMS que não corresponde à medida adotada no Rio de Janeiro. A Organização Mundial da Saúde é contra a adoção de passaportes internacionais de vacinação contra Covid-19, pois há notável desigualdade no acesso aos imunizantes entre os países.

O passaporte adotado no Rio, porém, diz respeito à comprovação de vacinação para acessar determinados locais e eventos na própria capital fluminense.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários