Olavo de Carvalho
Reprodução/Youtube
Olavo de Carvalho



Filha do "guru bolsonarista" Olavo de Carvalho, Heloisa de Carvalho fez um post nas redes sociais que chamou a atenção do seus seguidores nesta quarta-feira (25). Ela afirmou que ouviu boatos de que seu pai havia morrido, mas que o anúncio seria feito apenas próximo ao dia 7 de setembro para inflar os 'bolsolavetes na rua', referindo-se às manifestações em apoio ao presidente da República, Jair Bolsonaro, marcadas para o Dia da Independência .



No entanto, questionada pelo IG, a assessoria de imprensa do Instituto do Coração (InCor), local onde Olavo está internado, disse que o paciente está vivo e com um quadro de saúde semelhante ao divulgado no último boletim médico, do dia 14 de agosto. Depois, a própria filha do escritor se pronunciou nas redes sociais, dizendo que seu pai, de fato, não estava morto. Vale ressaltar que Heloisa é rompida com Olavo e se filiou ao PT recentemente. 

Você viu?

Histórico

No último dia 9, o escritor Olavo de Carvalho, de 74 anos, deu entrada no InCor com um quadro grave de infecção urinária . O problema evoluiu para sepse, conhecida como infecção generalizada.

Segundo o InCor à época, a doença foi controlada depois de quatro dias de tratamento intenso com antibióticos na UTI da instituição.

Em julho deste ano, Olavo havia passado cerca de três semanas no InCor para tratar de uma infecção. Na época, ele foi direto do aeroporto de Guarulhos, de um voo dos Estados Unidos, para o hospital, com diarreia, anemia e sangramento urinário.

Exames iniciais diagnosticaram uma infecção urinária causada por bactéria. O problema o fez portar uma sonda vesical, tubinho que é inserido na uretra até a bexiga para drenar urina.


Poucos dias depois, foi submetido a uma  cirurgia na bexiga . O procedimento, sob os cuidados do cardiologista José Antônio Ramires, foi realizado pelo professor titular de urologia do Hospital das Clínicas, Miguel Srougi, e teve o objetivo de extrair quatro lesões da bexiga que causavam sangramentos. Olavo havia passado um mês antes por uma operação de câncer na bexiga nos Estados Unidos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários