Emílio Hoffmann Gomes morreu aos 96 anos
Reprodução/TV Globo
Emílio Hoffmann Gomes morreu aos 96 anos

Nesta sexta-feira (20), morreu Emílio Hoffmann Gomes, ex-governador do Paraná , aos 96 anos, em Curitiba (PR). Ele estava internado no Hospital XV e a causa da morte ainda não foi divulgada.

O Governo do estado lamentou o falecimento do político : "O Paraná perde hoje uma grande personalidade, um homem que inspirou o desenvolvimento do Estado nas diferentes funções que ocupou ao longo de sua vida. Presto minha solidariedade e espero que seus amigos e familiares encontrem conforto neste momento de dor", disse o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

O sepultamento de Hoffmann está previsto para acontecer neste sábado (21), às 13h, na Capela do Cemitério Parque Iguaçu, em Curitiba. 

Hoffmann foi deputado federal por três mandatos e assumiu o governo após a morte de Pedro Viriato Parigot de Souza, em 1973. Ele foi eleito indiretamente pela Assembleia Legislativa e ficou à frente do Executivo até 15 de março de 1975.

Nascido em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, em 1925, foi eleito pela primeira vez em 1961, e reeleito mais duas vezes consecutivas. Depois de anos à frente do governo, atuou como auditor no Tribunal de Contas do Paraná e se aposentou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários