Bolsonaro em entrevista à TV Brasil
Reprodução: iG Minas Gerais
Bolsonaro em entrevista à TV Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a questionar a efetividade de vacinas contra Covid-19. Ao defender estudos sobre a proxalutamida, nova aposta de Bolsonaro e cuja eficácia no tratamento da Covid-19 ainda é desconhecida,  o chefe do Executivo disse que alguns tipos de imunizantes "não protegem".

"Devemos focar apenas na vacina? Não. A vacina, sim, mas não apenas a vacina. Afinal de contas, a vacina tem dado mostras em alguns lugares do mundo, tipos de vacina, que não te protegem", disse.

O presidente ainda defendeu, mais uma vez, o tratamento precoce com remédios comprovadamente ineficazes no tratamento do novo coronavírus, como a cloroquina e a ivermectina.

"A questão do tratamento precoce, do tratamento inicial, você tem que procurar um médico e buscar alternativas. Se for para esperar sentir falta de ar e ser intubado, sua chance de sobrevivência diminui bastante", continuou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários