Jair Bolsonaro enquanto esteve internado em hospital com uma obstrução intestinal na semana passada
Reprodução/Facebook
Jair Bolsonaro enquanto esteve internado em hospital com uma obstrução intestinal na semana passada

Na manhã desta segunda-feira, 19, o  presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, em conversa com apoiadores, que a causa da sua obstrução intestinal foi o seu exagero em um churrasco em Porto Alegre. Ele foi internado na semana passado com dores abdominais e soluções constantes e recebeu alta ontem, depois de ser transferido para um hospital particular em São Paulo.

"Começou em Porto Alegre, mas foi o churrasco. Eu enchi a pança. Eu fui com tudo. E depois em um lugar por aqui também que tinha um churrasco e eu tirei o atraso. Daí, deu uma aderência. Eu sabia disso, que podia haver aderência depois de tanta cirurgia, e aconteceu", disse Bolsonaro.

E completou: "Agora, a sorte que eu dei foi já sair daqui [Brasília] já com a faca na barriga para operar em São Paulo. Em São Paulo, a ambulância estava meio ruim, o asfalto ruim. Falei, mantenha velocidade, manteve, sacolejou... O pessoal vai falar que to falando besteira aqui, mas tudo bem. Na primeira tomografia, já havia uma possibilidade de não ter cirurgia. Esperaram o dia seguinte, a pelota que fez aqui no canto começou a dissipar e deu certo".

"Teve lavagem estomacal, é um saco. Mas aí, cateter e dieta balanceada e controlada, nao tinha como comer churrasco lá, mas deu certo", finalizou o raciocínio.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários