Senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) discute com Marcos do Val (Podemos-ES)
Reprodução: iG Minas Gerais
Senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) discute com Marcos do Val (Podemos-ES)

Os senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Marcos do Val (PODEMOS-ES) bateram boca sobre a vacinação de presos contra a Covid-19  em sessão desta quinta-feira (8) da CPI.

Após a depoente do dia, a ex-coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI) do ministério da Saúde , Francieli Fantinato , afirmar que o ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde, Elcio Franco pediu a retirada de presos do grupo prioritário da vacinação , do Val defendeu que a imunização do grupo não era, de fato, necessária por já estarem isolados.

Randolfe Rodrigues se exaltou após a declaração e disse:

"Eu não acredito que estou ouvindo isso do senhor".

Ao que do Val respondeu:

"Não tem que dar prioridade para presos não, tem que dar prioridade para a sociedade. Eles já estão em isolamento".

Você viu?

Randolfe avaliou o comentário do senador como uma "asneira absurda" e que representava "condenar as pessoas a morte". O clima logo ficou agitado enquanto a presidente da mesa no momento, senadora Eliziane Gama, tentava controlar os ânimos e pedia para que do Val aguardasse seu momento de fala para se pronunciar.

"Eu não estou lhe concedendo a palavra, ponha-se no seu lugar. Você e suas milícias não me intimidam", disse Randolfe com tom de voz já alterado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários