Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)
Reprodução/Youtube
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a fazer uma piada racista sobre o cabelo de um apoiador negro com "black power", ao associar seus fios crespos à sujeira.

O episódio ocorreu na manhã desta quinta-feira (8) em Brasília durante uma conversa do presidente com simpatizantes na saída do Palácio do Alvorada. Bolsonaro se referiu ao homem como "criador de barata".

"Como está a criação de barata ai? Olha o criador de barata aqui", afirmou o presidente, rindo e apontando para o homem. "Você não pode tomar ivermectina que vai matar seus piolhos", completa.

As imagens foram transmitidas por um canal no YouTube simpático ao presidente. Comentário semelhante já havia sido feito por Bolsonaro ao mesmo apoiador em maio deste ano, também durante uma conversa com apoiadores.

Em outro momento, Bolsonaro voltou ao assunto com outro comentário racista sobre o mesmo apoiador. Simpatizantes presentes chegaram a afirmar em tom de brincadeira que o presidente seria processado.

Você viu?

"Quantas vezes você lava esse cabelo por mês?", debochou Bolsonaro aos risos.

Em resposta, o homem, cujo nome não é citado nas imagens, afirmou que não é um "negro vitimista" e disse que Bolsonaro tem intimidade para, nas suas palavras, "brincar":

"O presidente tem essa intimidade para brincar, da mesma maneira que dá liberdade para o pessoal brincar".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários