Bandeirão usado nas manifestações contra Bolsonaro
Kakay/Arquivo pessoal
Bandeirão usado nas manifestações contra Bolsonaro

O advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay , acredita que as cores verde e amarelo estão sendo resgatadas pelos movimentos de rua contra o presidente Jair Bolsonaro . "Eu acho que é extremamente importante esse momento de resgate das nossas cores", disse ele, que afirma estar "muito feliz" de ver "bolsominions arrependidos". "É muito interessante ver que já há alguns que saem de amarelo pedindo desculpa pelo que fizeram pelo país".

O advogado disse que ficou muito feliz de ver, nas manifestações contra Bolsonaro realizadas em 19 de junho , enormes bandeiras nas cores verde e amarelo pedindo pela saída do presidente.

Bandeirão usado nas manifestações contra Bolsonaro
Kakay/Arquivo pessoal
Bandeirão usado nas manifestações contra Bolsonaro

"Fiquei muito feliz de ter visto aquela bandeira enorme verde e amarela, e começar a ver, agora, um bando de ex-bolsominions ou arrependidos bolsominions de amarelo dizendo que estão arrependidos de terem usurpado as nossas cores. Penso que é importante que a gente saia às ruas, a gente faça uma manifestação clara da necessidade de afastar esses fascistas. Não é possível deixar que eles dominem a nossa vida", disse ele, em vídeo enviado do México ao iG neste domingo (27).

Antes de 19 de junho, Kakay compareceu nas  manifestações contra Bolsonaro realizadas em 29 de maio vestido de verde e amarelo. "Voltar a usar o verde e amarelo é também uma maneira de dizer não a essa barbárie, de resistir. Sem medo de ser feliz", escreveu ele, na ocasião .

Nos próximos atos contra Bolsonaro , afirma Kakay , os "bandeirões" ficarão gigantescos, com mais de 300 metros. "Não é nenhum ufanismo. Não estou dizendo que nós temos que nos gabar das cores, não é isso", alerta o advogado.

"É apoderar daquilo que é nosso. Deixar que os fascistas saibam que nós vamos resgatar o Brasil. Eles roubaram nossa esperança, roubaram nossa alegria, cultuaram a morte. Vamos derrubar o fascismo, inclusive, ocupando as ruas com as cores que são nossas", chama Kakay. Confira o vídeo:


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários