Deputada federal Bia Kicis (PSL-DF), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ)
Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados
Deputada federal Bia Kicis (PSL-DF), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ)

Insatisfeito com o andamento dos trabalhos na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) , tem se empenhado pessoalmente para fazer o colegiado funcionar.

Diante da inabilidade da presidente Bia Kicis (PSL-DF), atestada pela baixa produtividade, Lira tentou nas últimas semanas conversar com integrantes da oposição e com a própria bolsonarista para que pautas importantes sejam votadas no colegiado.

Sem o controle da CCJ, Bia Kicis tem enfrentado forte resistência por parte dos seus integrantes. Desde que assumiu a cadeira, preferiu em alguns momentos  defender o governo Jair Bolsonaro a dar prosseguimento aos trabalhos.

Segundo interlocutores de Lira ouvidos pelo GLOBO, o presidente da Câmara avalia que as confusões na comissão atrapalham o andamento da Casa. Segundo um dos aliados, Lira avalia que o cenário precisa mudar e disse que não irá fazer "vista grossa".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários