Nomes são indicados a CPI com base no tamanho dos blocos partidários
Roque de Sá/Agência Senado
Nomes são indicados a CPI com base no tamanho dos blocos partidários

O Senado fechou nesta quarta-feira (14) o grupo de 11 integrantes que farão parte da CPI da Covid , órgão colegiado que vai investigar as ações do governo federal e eventuais omissões no combate à pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Veja quais são os nomes:

  • Eduardo Braga (MDB-AM)
  • Renan Calheiros (MDB-AL)
  • Ciro Nogueira (PP-PI)
  • Otto Alencar (PSD-BA)
  • Omar Aziz (PSD-AM),
  • Tasso Jereissati (PSDB-CE)
  • Eduardo Girão (Podemos-CE)
  • Humberto Costa (PT-CE)
  • Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
  • Jorginho Mello (PL-SC)
  • Marcos Rogério (DEM-RO)

O apoio ao governo de Jair Bolsonaro (sem partido) deve ser minoria no colegiado, já que há apenas quatro senadores são mais ligados ao Planalto, enquanto outros sete são oposicionistas ou independentes.

Entre os que apoiam o governo estão Ciro Nogueira (PP-PI), Marcos Rogério (DEM-RO), Jorginho Mello (PL-SC) e Eduardo Girão (Podemos-CE). Os oposicionistas são Humberto Costa (PT-PE) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Em caso de substituição, a CPi ainda tem mais sete suplentes. Veja quem são:

  • Alessandro Vieira (Cidadania-SE)
  • Angelo Coronel (PSD-BA)
  • Jader Barbalho (MDB-BA)
  • Luis Carlos Heinze (PP-RS)
  • Marcos do Val (Podemos-ES)
  • Rogério Carvalho (PT-SE)
  • Zequinha Marinho (PSC-PA)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários