Alvaro Dias, Senador do Podemos-RR
Antonio Cruz/Agência Brasil
Alvaro Dias, Senador do Podemos-RR

O senador Alvaro Dias (Podemos-RR) disse que não só o governo federal, mas estados e municípios também serão investigados pela CPI da Covid — cuja abertura foi  ordenada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso.

"Quando se fala que estados e municípios não serão investigados, mostra-se não conhecer CPI. Os fatos são conexos. Os recursos saíram do governo federal: se foram desviados, haverá sim investigação envolvendo estados e municípios. Nosso partido protocolou requerimento para deixar isso claro, vamos sim procurar investigar o desvio de recursos por estados e municípios também", disse à CNN Brasil.

 Alvaro Dias não se manifestou contrário à abertura da CPI, mas afirmou que o Planalto deve articular para que senadores retirem assinaturas para que o quórum mínimo não seja atingido.

"Todo momento é bom para combater a corrupção. Há fato determinado indicando a existência de corrupção, de omissão. Há vidas perdidas em razão dessa irresponsabilidade. A corrupção com recursos da saúde é um crime hediondo, mais do que roubo é um assassinato. Há pessoas morrendo já que os recursos foram desviados."

"Não me arrisco a apostar que ela vá começar, porque o governo vai agir para retirar assinaturas. Depois, quando começa, você não sabe quando termina", conclui.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários