Luiz Henrique Mandetta, ex-ministro da Saúde. Ele criticou as decisões do governo Bolsonaro no combate à pandemia e diz que apoia a instauração da CPI
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Luiz Henrique Mandetta, ex-ministro da Saúde. Ele criticou as decisões do governo Bolsonaro no combate à pandemia e diz que apoia a instauração da CPI

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse nesta sexta-feira (9) que aprova a abertura da CPI da Covid,  após determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso.

"Seria natural que o presidente do Senado instaurasse em algum momento. A crise da pandemia teria que ser analisada em algum momento. Acredito que eles (senadores) vão fazer o papel que cabe a eles," disse à CNN Brasil .

O ex-ministro disse que o governo federal tomou muitas "decisões equivocadas" na gestão da crise sanitária. Ele afirmou, também, que o Brasil demorará para controlar a doença.

"Precisa entender por que não tomamos algumas decisões de forma coletiva. A CPI vai acabar desnudando o nosso comportamento como sociedade, como a indução de fake news. Não tinha por que termos tomado decisões tão equivocadas como foram tomadas nessa pandemia (...) Nós ainda temos um caminho muito longo para termos um controle eficaz dessa doença." 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários