Edson Fachin, ministro do STF
Ailton de Freitas / Agência O Globo
Edson Fachin, ministro do STF


Edson Fachin ,ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu nesta terça-feira (9) que a  análise da suspeição do ex-juiz Sergio Moro à frente da Operação Lava Jato seja adiada.

O tema seria discutido em plenário nesta terça pelos ministros. Fachin também pediu ao presidente do Supremo, Luiz Fux, que o plenário discuta se a 2ª turma do STF pode analisar o caso. 

Todavia, depende do presidente da 2º turma, Gilmar Mendes , decidir se retira essa discussão da pauta.

Na última segunda-feira (8), Lula teve suas condenações canceladas no âmbito da Lava Jato a partir de decisão tomada por Fachin. Além disso, o magistrado declarou que a suspeição de Sergio Moro perdeu objeto, fazendo com que a suposta parcialidade do juiz à frente da operação não seja julgada.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários