Deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP)
Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP) é o candidato de Maia à presidência da Câmara

O deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP), candidato do presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) ao comando da Casa, não descarta a possibilidade de aceitar um pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) caso vença as eleições que estão marcadas para o mês de fevereiro.

Segundo o parlamentar, acatar o pedido de afastamento do presidente é "prerrogativa do presidente da Câmara". Rossi ainda afirma que "não podemos abrir mão de nenhuma prerrogativa do Parlamento".

Ao ser questionado durante agenda em Santa Catarina sobre a possibilidade de analisar os pedidos, Rossi disse que o faria com "muita clareza e objetividade".

"Uma das prerrogativas do presidente da Câmara dos Deputados é essa, e cabe ao presidente analisar todos os pedidos. Não podemos fazer o exercício de futurologia. Quando eu for presidente da Câmara dos Deputados, nós vamos fazer a análise dentro da Constituição. É prerrogativa do Parlamento, e não podemos abrir mão de nenhuma prerrogativa do Parlamento", afirmou.

Em entrevista à Folha de S.Paulo neste domingo (10), Rossi deu declarações que geraram atrito contra o PT. O partido aceitou apoiar o parlamentar em troca da análise dos pedidos de impeachment que foram engavetados por Rodrigo Maia durante sua gestão à frente da Câmara.

O descontentamento ficou claro após a presidente nacional do PT,  a deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), ir ao Twitter cobrar o cumprimento do acordo sob pena da perda de votos do partido.

    Leia tudo sobre: impeachment

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários