Ao defender ex-presidenta, Lula afirmou que
Reprodução/Twitter
Ao defender ex-presidenta, Lula afirmou que "Brasil perde um pouco de humanidade" sempre que Bolsonaro abre a boca

Na noite desta segunda-feira (28), o ex-presidente Lula utilizou as redes sociais para criticar Jair Bolsonaro após declarações sobre a tortura sofrida por Dilma Rousseff nos tempos da Ditadura . Segundo o petista, o presidente é um "homem sem honra" e jamais conhecerá coragem que a ex-presidenta possui.

"O Brasil perde um pouco de sua humanidade a cada vez que  Jair Bolsonaro abre a boca. Minha solidariedade a presidenta @dilmabr, mulher detentora de uma coragem que Bolsonaro , um homem sem valor, jamais conhecerá", escreveu Lula em postagem no Twitter.

A resposta do petista ocorreu após declaração de Bolsonaro questionando os traumas sofridos por Dilma . “Dizem que a Dilma foi torturada e fraturaram a mandíbula dela. Traz o raio X para a gente ver o calo ósseo. Olha que eu não sou médico, mas até hoje estou aguardando o raio X”, disse o presidente em conversa com apoiadores no ‘cercadinho’ do Palácio da Alvorada, em Brasília.

A própria ex-presidenta se manifestou horas depois da fala do presidente . Por meio de nota oficial, repudiou a declaração, e criticou o líder do executivo:  “ Bolsonaro não respeita a vida, é defensor da tortura e dos torturadores, é insensível diante da morte e da doença, como tem demonstrado em face dos quase 200 mil mortos causados pela Covid-19 que, aliás, se recusa a combater”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários