Bolsonaro e ministro das relações exteriores, Ernesto Araujo
Valter Campanato/ABr
Bolsonaro e ministro das relações exteriores, Ernesto Araujo


Circula desde o final de semana na imprensa a informação de que o ex-presidente Michel Temer poderia ser nomeado chanceler do governo Bolsonaro na reforma ministerial que deve acontecer no início de 2021, mas, segundo informações do R7 obtidas com interlocutores do governo, o presidente diz que se trata de "fake news" e que Ernesto Araújo está mantido no cargo.


Segundo as informações do portal, Bolsonaro é categórico ao dizer que o chanceler não será demitido . A reforma minsterial deve ocorrer para acomodar nomes do centrão que formam a base do governo.

O cargo de Ernesto Araújo à frente do Ministério das Relações Exteriores estaria em xeque, e sob pressão de parlamentares, pelo fato do ministro ser considerado ideológico e as eleições norte-americanos terem tido um resultado desfavorável para a política internacional do governo Bolsonaro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários