pdt
Divulgação/PDT - 22.8.17
Ciro Gomes na cúpula do PDT


O ex-ministro Ciro Gomes e o presidente nacional do PDT Carlos Lupi declararam preferência em apoiar o nome de Guilhemer Boulos (PSOL ) na disputa do segundo turno da eleição em São Paulo. Um apoio veio um dia após o resultado ser oficializado, embora ainda não esteja decidio, ambos preferem o psolista, que não é unanimidade na cúpula do PSB (Partido Socialista Brasileiro) sigla pela qual Márcio França chegou em terceiro lugar no pleito.


França desejou boa sorte aos dois candidatos, mas não declarou apoio a nenhum e tudo indica que ele deseja manter a neutralidade no segundo turno. O socialista tem em mãos o maior rescaldo político neste momento, com uma candidatura muito mais ao centro os seus eleitores podem migrar tanto para Covas quanto para Boulos. O candidato do PSB ficou na terceira colocação com 728.441 votos. O necessário para Boulos ultrapassar Covas levando em conta os resultados do priemeiro turno.

O jornal O Globo colheu a informação diretamente com Carlos Lupi de que irá defender Guilherme Boulos. Ciro também teria revelado a preferência em conversas privadas, muito embora, o anúncio do apoio só deva ocorrer após o PDT negociar com Márcio França .

Se o apoio a Boulos é incerto, a união com Covas beira o impossível. Em declaração ao O Globo, interlocutores do PSB dizem que o distanciamento da candidatura de Covas se deve ao governador João Doria (PSDB) , seu padrinho político que é amplamente rejeitado pela cidade de São Paulo. A campanha de França avalia que o seu apoio direto a Boulos poderia ser o necessário para tornar a vitória do psolista viável.

    Veja Também

      Mostrar mais