homem de terno e gravata
Denis William/PSDB - 22.5.19
Geraldo Alckmin, ex-governador de São Paulo

O ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin , foi denunciado na manhã desta quinta-feira (23) pelo Ministério Público pelos crimes de falsidade ideológica eleitoral, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Segundo a denúncia do Ministério Público, Alckmin teria recebido mais de R$ 10 milhões em repasses da empresa Odebrecht por meio de doações de campanhas que não tinham sido declaradas à Justiça Eleitoral.

Desse dinheiro, R$ 2 milhões teriam sido recebidos no ano de 2010 e R$ 9 milhões no ano de 2014, quando disputou a reeleição para o governo.

Mais nove pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público além do ex-governador. Seis delas são membros da Odebrecht, uma delas é o doleiro Alvaro José Gallies Novis e duas dela trabalharam na campanha de Alckmin: o tesoureiro Marcos Antônio Monteiro e o funcionário dele, Sebastião Eduardo Alves.

O ex-governador ainda não se posicionou sobre a denúncia.

    Veja Também

      Mostrar mais