Flávio Bolsonaro
Pedro França/Agência Senado
Flávio Bolsonaro é acusado de vazar informações em caso que investigava Fabrício Queiroz

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) deve prestar depoimento nesta segunda-feira (20), às 14h , sobre a investigação criminal que apura denúncias de vazamento da Operação Furna da Onça, em 2018, que investigou um esquema de corrupção na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) . Os esclarecimentos devem ser prestados em Brasília, ao Ministério Público Federal (MPF).

A denúncia foi realizada pelo empresário Paulo Marinho , ex-aliado do filho de Jair Bolsonaro (sem partido) . Os privilégios do cargo no Senado garantiram para Flávio Bolsonar o a escolha de dia, horário e local para o depoimento por Flávio Bolsonaro, o que garantiu que o depoimento pudesse ser colhido no próprio gabinete do parlamentar.

Em nota ao G1 Rio de Janeiro, a defesa do senador afirmou que ele comparecerá nesta segunda para depor como testemunha. "Para que a verdade seja restaurada o mais rápido possível, o senador Flávio Bolsonaro marcou a data para depor junto ao Ministério Público Federal".

Furna da Onça

Ao longo das investigações da Furna da Onça , um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) apontou para uma movimentação atípica de 1,2 milhão nas contas de Fabrício Queiroz , amigo íntimo de Jair Bolsonaro e ex-assessor de Flávio , que era deputado na Alerj no período.

    Veja Também

      Mostrar mais