Hamilton Mourão
Romério Cunha/VPR
Mourão havia cobrado um pedido de desculpas de Gilmar.

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta sexta-feira considerar como "superado" o "incidente" com o ministro Gilmar Mendes , do Supremo Tribunal Federal (STF).

Mourão havia cobrado um pedido de desculpas de Gilmar, por ter afirmado que o Exército está se associando a um "genocídio", em referência à gestão de militares no Ministério da Saúde durante a pandemia do novo coronavírus.

Apesar do pedido de desculpas não ter ocorrido, Mourão adotou um tom mais leve nesta sexta-feira, em entrevista à Rádio Gaúcha, afirmando que não se pode perder tempo com "picuinhas".

"Acho que o ministro errou. Mas considero que esse incidente está superado, vida que segue. Temos coisas muito mais importantes para resolver do que ficar discutindo essas picuinhas", afirmou.

    Veja Também

      Mostrar mais