Ministro do STF Gilmar Mendes
Agência Brasil
Ministro do STF Gilmar Mendes

O pedido para advertir o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), feito nesta terça-feira (14) pelo Ministério da Defesa pode ser analisado só em agosto pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, segundo divulgou nesta quinta (16) a coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

No último sábado (11), Gilmar Mendes criticou a quantidade de militares no Ministério da Saúde , afirmando que "o Exército está se associando a esse genocídio", em referência à má administração da pandemia. 

Após a fala sobre os militares, o Ministério da Defesa e o Exército acionaram a Procuradoria-Geral da República para que o ministro do STF seja advertido.

Contudo, Augusto Aras não estaria com pressa para analisar o caso. Segundo a coluna, a possível advertência de Gilmar Mendes pode ser analisada apenas após o fim do recesso no órgão, que termina com o início do mês de agosto.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários