Genral Eduardo Pazuello%2C ministro interino da Saúde
Marcos Corrêa/PR
Genral Eduardo Pazuello, ministro interino da Saúde

O ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello , disse durante ligação com o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que vai abrir os dados da Covid-19 para que o magistrado forme uma "opinião correta". A conversa se deu nesta terça-feira (14) após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) orientar Pazuello a falar com o ministro do STF, que  acusou as Forças Armadas de compactuar com um "genocídio" causado pela pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

De acordo com informações do jornal O Estado de São Paulo, o contato inicial foi feito por um interlocutor da Presidência da República, já que a iniciativa da conversa partiu de Gilmar. Nessa tentativa, no entanto, Pazuello não atendeu.

Depois de retornar o contato, o chefe da pasta da Saúde propôs uma reunião presencial com o magistrado. Gilmar, porém, está em Lisboa, no Portugal, e só volta no final do mês com o fim do recesso do Judiciário.

Desde que o clima ficou mais tenso de Pazuello com o STF, Bolsonaro tem sido pressionado para fazer uma troca no comando do Ministério da Saúde. Pessoas próximas a ele dizem que a mudança deve ocorrer nas próximas semanas.

    Veja Também

      Mostrar mais