Bolsonaro
Agência Brasil
Declaração foi dada durante posse de Fábio Faria no Ministério das Comunicações.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que é o povo quem diz o que as instituições devem fazer, e não o contrário. Apoiadores de Bolsonaro são investigados por atacar instituições, em especial o Congresso e o Supremo Tribunal Federal (STF). A declaração ocorreu na presença dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do STF, Dias Toffoli, durante a posse de Fábio Faria no Ministério das Comunicações .

Leia também:

"Começo cumprimentando o povo, que dá o nosso norte, que nos inspira pela democracia e, acima de tudo, pela liberdade. Não são as instituições que dizem o que o povo deve fazer, é o contrário, o povo é quem diz o que as instituições devem fazer", disse Bolsonaro na cerimônia.

Bolsonaro também disse que os três Poderes — Executivo, Legislativo e Judiciário — precisam respeitar "cada artigo" da Constituição. Na manhã desta quarta, o presidente criticou uma operação determinada pelo STF que atingiu aliados.

"Tenho certeza que respeitando cada artigo da nossa Constituição nós atingiremos o nosso objetivo para o bem de todos", afirmou, na cerimônia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários