Tamanho do texto

Presidente disse que o ator doa dinheiro a essas entidades que elas tirem fotos dos incêndios; fala se refere a prisões de brigadistas em Alter do Chão

Presidente Jair Bolsonaro arrow-options
Alan Santos/PR
Bolsonaro também ironizou suposto envolvimento de ONGs nos incêndios

O presidente Jair Bolsonaro acusou nesta sexta-feira (29) o ator Leonardo DiCaprio de pagar para que sejam causados incêndios nas florestas da Amazônia . "Agora, Leonardo DiCaprio é um cara legal, né? Dando dinheiro para tacar fogo na Amazônia", disse Bolsonaro em declaração a apoiadores na frente do Palácio da Alvorada .

A fala do presidente ocorre um dia depois de a Polícia Civil do Pará soltar quatro brigadistas que haviam sido presos em Alter do Chão , em Santarém, no Pará , sob acusações de que teriam sido os responsáveis por causarem incêndios criminosos na região. Segundo as investigações, os voluntários teriam causado os incêndios em troca de benefícios financeiros pessoais.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), no entanto, as provas utilizadas no inquérito foram consideradas "insuficientes" para que os brigadistas fossem mantidos presos.

Leia também:Familiares denunciam prisão de brigadistas em Alter do Chão: "são perseguidos"

O MPF também pediu à 1ª Vara Criminal da Comarca de Santarém para analisar o inquérito. A ideia é avaliar se as investigações são de competência federal ou estadual, uma vez que já existe uma investigação na Polícia Federal para apurar as queimadas na região.

Na ocasião, Bolsonaro ainda ironizou o suposto envolvimento de ONGs nos incêndios, mas não apresentou nenhum prova de ligação das entidades com as chamas e atacou a imprensa pelas críticas que tem recebido. "Quando eu falei que há suspeita de ONGs, o que a imprensa fez comigo?", afirmou o presidente, dirigindo-se aos jornalistas presentes.

Leia também: Delegado que prendeu ambientalistas no Pará é afastado de inquérito

Em sua tradicional live de quinta-feira, Bolsonaro já havia dito que Leonardo DiCaprio estaria envolvido com os incêndios. "Tira foto, manda para ONG, a ONG divulga, entra em contato com o Leonardo DiCaprio e ele doa US$ 500 mil (cerca de R$ 2,1 milhões) para essa ONG. Leonardo DiCaprio, você está colaborando com as queimadas na Amazônia", afirmou o presidente durante a transmissão.