Tamanho do texto

Presidente da Câmara afirmou que presidente "começou a compreender melhor o que é governar". Nesta terça-feira, Maia voltou a alfinetar governo

Rodrigo Maia
Marcelo Camargo/ Agência Brasil
Rodrigo Maia fez críticas ao governo recentemente

Após momentos de desencontros e  trocas de farpas , o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), elogiou o governo de Jair Bolsonaro (PSL) nessa segunda-feira (15) e afirmou que o presidente "começou a compreender melhor o que é governar o Brasil". 

“Um novo ciclo sempre gera mais turbulência do que a manutenção de um ciclo. A gente tem que dar o tempo para que o presidente. Depois de três meses, ele tem mais condições, mais conhecimento, já começou a compreender melhor o que é governar o Brasil. Foram 100 dias com turbulência, mas o avião passou”, avaliou Rodrigo Maia em um evento promovido pelas revistas Veja e Exame , em São Paulo. 

O parlamentar disse que, em sua opinião, a agenda econômica promovida pela equipe de Bolsonaro está no caminho certo, mas é necessário que o governo também apresente propostas sobre outros temas, como educação e saúde.

"A agenda econômica está na linha certa, mas eu, como político de centro-direita, acho que cabe também a esse campo da política falar um pouco do que pensa sobre outros temas. A gente precisa começar a fazer esse debate das políticas públicas que se enxerga para educação, saúde e um foco objetivo na redução das pobrezas”, apontou. 

Leia também: CCJ da Câmara inverte pauta e deixa reforma da Previdência em segundo plano

Maia e Bolsonaro tiveram desentendimentos nos últimos meses, quando o deputado ameaçou deixar a articulação política da reforma da Previdência . Na ocasião, o presidente da Câmara chegou a dizer que o presidente estava "brincando de presidir" e que precisava de "mais tempo pra cuidar da Previdência e menos tempo cuidando do Twitter".  Nesta terça-feira, ele  voltou a alfinetar o governo e afirmou que a gestão "não tem base organizada" para aprovar a reforma.