Tamanho do texto

Após perder a presidência do Senado, partido de maior bancada consegue o comando da principal comissão; PSDB e PSD ficam com duas comissões cada

Simone Tebet é favorita a presidir a CCJ; partido de maior bancada, o MDB terá presidente em três comissões do Senado
Waldemir Barreto/Agência Senado
Simone Tebet é favorita a presidir a CCJ; partido de maior bancada, o MDB terá presidente em três comissões do Senado


O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, anunciou oficialmente a distribuição de presidências das comissões da Casa para o próximo biênio. Dono da maior bancada, o MDB ficará à frente da comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a principal por definir aberturas de CPIs, bem como acatar denúncias contra parlamentares e aprovar projetos de lei.

Leia também: Afinal, quem votou duas vezes em Renan Calheiros na eleição do Senado?

Além da CCJ, o MDB terá presidente em mais duas comissões : Educação e comissão mista do Orçamento. Os nomes dos presidentes ainda não foram anunciados. A tendência, porém, é que Simone Tebet (MDB-MS) fique à frente da CCJ.

Os anúncios acalmam os ânimos no Senado, que estavam acirrados após o MDB perder a presidência da casa para Davi Alcolumbre (DEM-AP). O candidato do partido, Renan Calheiros (MDB-AL), desistiu do pleito ao perceber que não conseguiria se eleger, em uma eleição marcada por muita discussão, erro no número de cédulas e discussões sobre voto aberto ou fechado.

Leia também: Senadores escolhem Mesa Diretora com Anastasia como vice-presidente do Senado

O DEM, partido de Alcolumbre, também vai presidir uma comissão. O partido terá presidente à frente da Infraestrutura. Aliados históricos do partido, o PSDB e o PSD vão comandar dois assuntos cada.

Veja como ficou a divisão de presidência de comissões no Senado:

  • MDB : comandará Constituição e Justiça; Educação; e mista de Orçamento;
  • PSD: presidirá Assuntos Econômicos e Relações Exteriores;
  • PSDB terá presidentes na comissão de Desenvolvimento Regional e de Fiscalização e Controle;
  • PT preside a Comissão de Direitos Humanos;
  • Rede vai presidir a Comissão de Meio Ambiente;
  • PSL assume a presidência da Comissão de Agricultura;
  • DEM preside a Comissão de Infraestrutura;
  • Podemos terá presidente na Comissão de Assuntos Sociais;
  • PP preside a Comissão de Ciência e Tecnologia;
  • PRB e PSC se revezarão na Comissão Senado do Futuro;

Leia também: Alcolumbre pede investigação de fraude em eleição para presidência do Senado

A definição de presidência das comissões foi feita após reunião com os líderes dos partidos no Senado. É normal que as siglas de maior bancada assumam o comando dos principais assuntos da Casa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas