Tamanho do texto

Governador eleito em São Paulo já havia anunciado Gilberto Kassab na secretaria da Casa Civil, Rossieli Soares na Educação e Sá Leitão na Cultura

Mais dois secretários do governo de João Doria foram anunciados hoje: José Henrique Guermann e Gustavo Junqueira
Reprodução/Twitter
Mais dois secretários do governo de João Doria foram anunciados hoje: José Henrique Guermann e Gustavo Junqueira

O governador eleito em São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou, nesta quinta-feira (8), o nome de mais duas pessoas que vão compor o secretariado do estado durante a sua nova gestão. O médico José Henrique Germano foi escolhido para ocupar a Secretaria de Saúde; e o produtor rural Gustavo Junqueira vai liderar a pasta da Agricultura.

Leia também: Doria diz que não sairá como candidato à Presidência em 2022: "Foco total em SP"

De acordo com as informações cedidas em uma entrevista coletiva com os dois, ao lado de João Doria e o seu vice, Rodrigo Garcia, nesta quinta-feira, German é ex-diretor dos hospitais Albert Einstein e Sírio Libanês, enquanto Junqueira é um produtor rural, ex-presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB).

Com este anúncio, a equipe do governo Doria já tem cinco secretários confirmados. Isso porque, nos últimos dias, Doria já anunciou outros três secretários da nova gestão: Gilberto Kassab (PSD) será o chefe da Casa Civil, Rossieli Soares da Silva assume a secretaria de Educação e Sérgio Sá Leitão a pasta da Cultura. Todos os citados participaram do governo Temer .

Kassab é o atual ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações de Temer. Foi prefeito de São Paulo entre 2006 e 2012, ministro das Cidades no governo de Dilma Rousseff (PT) e é presidente do PSD. Ele ocupará o ministério até 31 de dezembro e, no dia seguinte, assumirá o cargo de secretário da Casa Civil de Doria. 

"Todas as escolhas de secretários que anunciamos e que virão pela frente tomam como referência capacidade, conhecimento e eficiência de gestão. A nenhum secretário perguntei e a nenhum vou perguntar qual o partido, ideologia e se votou ou deixou de votar no Doria, qual a visão programática política isso para nós não importa”, disse ontem o governador eleito .

Leia também: Doria anuncia Gilberto Kassab na Casa Civil e Rodrigo Garcia como secretário de governo

Ainda na coletiva de hoje,  João Doria afirmou que terá participação de tucanos no seu secretariado, mas declarou à imprensa que essa não é uma prioridade do seu governo. Além disso, o governador eleito no Estado de São Paulo afirmou que vai ter uma reunião na próxima sexta-feira (9), em Brasília, com o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.