Tamanho do texto

Tucano venceu as eleições em São Paulo e afirmou que irá governar para todos da "mesma maneira, com a mesma dedicação e com o mesmo esforço"

Primeiro discurso de João Doria após ser eleito governador de São Paulo tem promessa de unificação do país
Divulgação
Primeiro discurso de João Doria após ser eleito governador de São Paulo tem promessa de unificação do país

governador eleito no estado de São Paulo neste domingo (28), João Doria, falou após a divulgação das eleições do segundo turno. No primeiro discurso de João Doria, o tucano afirmou que "agora é hora de pacificar o Brasil" e que "não podemos de forma alguma iniciar o ano com o Brasil dividido".

"Nós temos que somar, agregar e abrigar todos os brasileiros. Temos que ter desprendimento, temos que ter firmeza. Nós aqui em São Paulo teremos", prometeu no  primeiro discurso de João Doria

"Vamos governar para todos os brasileiros de São Paulo. Os que votaram, os que nos apoiaram e nos que não votaram e não nos apoiaram. A grandeza imprime a reconhecer o valor de cada cidadão, de cada brasileiro que vive numa pequena cidade, em um pequeno município do extremo do nosso estado ou nas grandes cidades. Todos são absolutamente iguais e todos serão tratados da mesma maneira, com a mesma dedicação e com o mesmo esforço do nosso governo", declarou o governador eleito em São Paulo .

O tucano também acredita que o presidente eleito, Jair Bolsonaro , "será o presidente que irá pacificar o Brasil" e prometeu que o estado de são Paulo irá ajudar na unificação do país. "Aqui temos 45 milhões de brasileiros, aqui nos vamos convidar todos para empunharem uma única bandeira, a bandeira brasileira", declarou o ex-prefeito de São Paulo.

Doria também afirmou que conversou com Bolsonaro e que os dois devem se encontrar em algum dia nesta semana. "Vamos definir com clareza um governo de coalizão, de união e de pacificação."

O governador eleito aproveitou também para agradecer a ligação e os cumprimentos de Paulo Skaf (PMDB) e Márcio França (PSB), candidatos derrotados na disputa pelo governo. "É assim que se faz política com grandeza, não com ódio, não é com separação, é somando forças e é unido São Paulo e o Brasil", afirmou.

Leia também: Presidente do TSE rebate ataques e diz que eleição seguiu "absoluta normalidade" 

"Quero acreditar que com São Paulo nós vamos retomar o crescimento do Brasil, a política liberal, a politica de Paulo Guedes", disse Doria fazendo um aceno ao governo federal. Estavam presentes no primeiro discurso de João Doria o atual prefeito da capital, Beruno Covas e a deputada federal eleita por São Paulo, Joice Hasselmann.