Tamanho do texto

Segunda pesquisa do dia mostra candidato do PSL com diferença menor que a notada pelo BTG/FSB; 3 em cada 4 eleitores preveem vitória de Bolsonaro

Pesquisa para presidente mostra Jair Bolsonaro (PSL) 14 pontos à frente de Fernando Haddad (PT)
iG Arte/Divulgação/Ricardo Stuckert
Pesquisa para presidente mostra Jair Bolsonaro (PSL) 14 pontos à frente de Fernando Haddad (PT)

segunda pesquisa para presidente divulgada nesta segunda-feira (22), desta vez  pela CNT/MDA, reafirma a liderança do candidato Jair Bolsonaro (PSL), que aparece com 57% das intenções de voto, contra 43% de seu adversário, Fernando Haddad (PT).

Esses índices se referem aos votos válidos, o que exclui os brancos e nulos e simula cálculo feito pela Justiça Eleitoral na hora de determinar o resultado da votação. Considerando-se os votos totais, Bolsonaro aparece na pesquisa para presidente com 48,8% das citações, enquanto Fernando Haddad tem 36,7%. Brancos e nulos somaram 11%, enquanto 3,5% se dizem indecisos.

A pesquisa realizada a pedido da Confederação Nacional dos Transportes (CNT) mostra ainda que 91,1% dos eleitores de Jair Bolsonaro dizem que não mudam mais seus votos. 91,3% dos eleitores de Fernando Haddad afirmam que a decisão também é definitiva.

Leia também: Ministro do TSE aceita ação do PDT contra Bolsonaro, mas nega pedido de liminar

Questionados sobre suas expectativas para o resultado das eleições, 74,4% disseram acreditar que o candidato do PSL será eleito novo Presidente da República. Apenas 14,6%, acham que Haddad conseguirá virar essa disputa.

O novo estudo reafirmou ainda a disparada da rejeição ao candidato do PT. Questionados sobre a possibilidade de votar em Haddad para a Presidência, 54,4% dos entrevistados responderam que "não votaria nele de jeito nenhum". Já Bolsonaro foi rechaçado por 42,7% dos eleitores.

Pesquisa para presidente aponta campanha de Bolsonaro mais eficaz

Pesquisa para presidente aponta rejeição de Haddad superior à de Bolsonaro
Nelson Jr./ ASICS/ TSE
Pesquisa para presidente aponta rejeição de Haddad superior à de Bolsonaro

O alcance das propagandas veiculadas pelas campanhas no horário eleitoral gratuito na TV e no rádio também foi medido pela pesquisa. A grande maioria (79,8%) disse ter visto ou ouvido os programas dos candidatos a presidente.

Para 40,2% desse grupo, o candidato do PSL é quem está apresentando o melhor programa eleitoral. Já os programas produzidos pela coligação que apoia Haddad são os melhores para 36% dos entrevistados.

Leia também: The New York Times compara Bolsonaro a populista "ofensivo, cruel e grosseiro"

A distância entre Bolsonaro e Haddad flagrada pelo MDA Pesquisas, de 14 pontos percentuais, é menor que a apontada pelo FSB em pesquisa encomendada pelo banco BTG Pactual e divulgada mais cedo, também nesta segunda-feira. Nesse estudo, Bolsonaro chega a 60% dos votos válidos, enquanto o candidato petista soma 40% de preferência.

pesquisa para presidente da CNT/MDA foi realizada entre os dias 20 e 21 de outubro de 2018. Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 Unidades Federativas, das cinco regiões do País. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança. A pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), sob o número BR-00346/2018.