Tamanho do texto

Histórias a respeito do destino de presente dado ao candidato do PT, durante um comício em Fortaleza, são desencontradas; Haddad fala em fake news

Bíblia que Haddad ganhou foi parar nas mãos de um deputado do PSL, que afirma que ela foi encontrada no lixo
Reprodução/Youtube
Bíblia que Haddad ganhou foi parar nas mãos de um deputado do PSL, que afirma que ela foi encontrada no lixo

O deputado estadual eleito André Fernandes (PSL-CE) publicou um vídeo neste domingo (21), em que aparece com uma Bíblia na mão, enquanto critica o candidato à Presidência, Fernando Haddad (PT). Na gravação, ele diz que essa seria uma Bíblia que Haddad ganhou durante um comício em Fortaleza e que o livro sagrado teria sido encontrado no lixo.  

Leia também: Fala de Eduardo Bolsonaro é golpista, diz ministro do STF Celso de Mello

O vídeo de Fernandes viralizou nas redes sociais nesta segunda-feira (22), gerando uma série de comentários negativos em relação ao petista. Em resposta, Haddad gravou outro vídeo, em que explica que o livro teria sido furtado, e que a declaração de Fernandes seria "mais uma fake news" contra a sua candidatura. A Bíblia que Haddad ganhou , segundo o candidato, foi retirada de uma sacola ainda durante o evento em Fortaleza no sábado (20).

O petista esteve na Praça do Ferreira, no Centro de Fortaleza, para o comício no sábado. Na ocasião, ele recebeu uma bíblia como presente de um militante petista, identificado como Erineudo Lima. "Você, realmente, é o candidato que representa Jesus", declarou o militante, enquanto entregava o livro ao candidato petista. 

Visualizar esta foto no Instagram.

COMO AINDA EXISTE CRISTÃO QUE VOTA EM HADDAD?

Uma publicação compartilhada por André Fernandes (@andrefernm) em

No vídeo gravado pelo deputado do PSL – mesmo partido do candidato oponente de Haddad, o capitão reforçado Jair Bolsonaro –, Haddad é acusado de ter descartado o presente ainda durante o evento. "Olha só o que foi achado aqui no chão da Praça do Ferreira, a mesma Bíblia que ele recebeu de presente e antes que você diga que é mentira tá aqui a dedicatória", afirmou o parlamentar, que mostra uma dedicatória nas primeiras páginas do livro.

Leia também: Bolsonaro chega à reta final da campanha com 57% e Haddad tem 43%, diz CNT/MDA

Antes de gravar outro vídeo em resposta às acusações, Fernando Haddad comentou sobre o caso em uma entrevista coletiva, hoje cedo. O candidato afirmou ainda que o o celular de um assessor também teria sido furtado, junto à bíblia. 

"O celular do assessor também foi furtado na mesma ocasião. E agora aparece essa Bíblia na mão de um deputado do Bolsonaro, dizendo que encontrou a Bíblia no lixo . Que história é essa?!", reagiu o candidato petista.

Em um vídeo publicado em suas redes sociais, Haddad diz que a situação é "no mínimo, estranha". "Isso é, no minimo, estranho: todo mundo atrás da Bíblia e depois vai parar na mão dele?", questiona em legenda. No vídeo ele alerta que espera, nessa reta final da camapanha, que o Nordeste seja bombardeado com notícias falsas, por parte da campanha do seu adversário. "Esse pessoal joga pesado", diz o ex-ministro. 

Leia também: Pesquisa BTG: Bolsonaro tem 60% dos votos válidos e Haddad, 40%

"Essa turma é de milicianos, esse pessoal é muito perigoso. São milicianos tentando tomar o poder pela força", disse ele, sobre a tal  Bíblia que Haddad ganhou .