Tamanho do texto

Em seus últimos meses no Planalto, emedebista viu índice de rejeição cair nos últimos dias; por outro lado, modo de governar é desaprovado por 88%

No levantamento feito em junho, houve apenas 4% de aprovação do governo Temer
Anderson Riedel / PR
No levantamento feito em junho, houve apenas 4% de aprovação do governo Temer

A gestão do presidente Michel Temer (MDB) é considerada ruim ou péssima por 74% da população, enquanto apenas 5% dos brasileiros classificam o atual governo como bom ou ótimo. Outros 19% o avaliam como regular, enquanto 2% não souberam avaliar. Os índices de aprovação do governo Temer constam de pesquisa divulgada na noite dessa segunda-feira (15)  pelo Ibope.

Os números revelam ligeira evolução da  aprovação do governo Temer , que está a três meses de ser encerrado, na comparação com o levantamento anterior do Ibope. No início do mês, aqueles que consideram a gestão do emedebista ruim ou péssima representavam 79%, enquanto só 4% a classificavam como boa ou ótima.

Na nova pesquisa, o Ibope também consultou a opinião da população sobre a maneira de governar do atual presidente: 88% desaprovam, 8% aprovam e 4% não souberam ou não quiseram responder. 

Leia também: MDB declara neutralidade no 2º turno e aumenta lista de partidos "imparciais"

A pesquisa divulgada ontem (15) ouviu 2.506 eleitores de 176 municípios entre sábado e domingo. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de dois pontos percentuais, para menos ou para mais.

Involução da aprovação do governo Temer

Aprovação do governo Temer é mais baixa que a de sua antecessora, Dilma Rousseff (PT)
Marcelo Camargo/ABr
Aprovação do governo Temer é mais baixa que a de sua antecessora, Dilma Rousseff (PT)

No começo deste ano, o Instituto Datafolha pediu para entrevistados atribuírem uma nota de zero a dez para o governo Temer. Na ocasião, 43% deram nota zero; 14% deram nota cinco e 8% deram nota dois. A média atingida por Temer foi de 2,6.

Em julho de 2016, dois meses depois de ter assumido a Presidência, a média das notas atribuídas a Temer era 4,5, ainda de acordo com o Datafolha.

No final de junho, em outra pesquisa do CNI/Ibope, a reprovação do governo Temer chegou a 79%, sendo considerada como o pior índice de desaprovação de um presidente desde a primeira pesquisa, em 1986 no governo José Sarney (MDB). A maior aprovação já registrada foi a do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 80% no fim de 2010.

Leia também: Temer alfineta candidatos que propõem nova Constituição: "É quase uma compulsão"

Na pesquisa de junho, o Ibope também fez comparação entre as gestões Michel Temer e Dilma Rousseff (PT), que sofreu impeachment em agosto de 2016. Chegou a 63% o total de entrevistados que classificaram o governo do atual presidente como pior que o governo Dilma. Outros 26% disseram considerar "igual" e houve 9% de aprovação do governo Temer  superior à de Dilma nessa consulta.