Tamanho do texto

Manifestações a favor do candidato eram programadas para ocorrer em 50 cidades, em SP, ato teve direito até a boneco inflável do general Mourão

Manifestações a favor de Bolsonaro tiveram até boneco inflável do general Mourão, vice da chapa
Reprodução/Twitter - @FabricioDias007
Manifestações a favor de Bolsonaro tiveram até boneco inflável do general Mourão, vice da chapa

No dia seguinte aos protestos levados às ruas de todo o País com o mote '#EleNão' , apoiadores do candidato Jair Bolsonaro (PSL) responderam às manifestações realizando atos em cidades de ao menos sete estados, mais o Distrito Federal, na tarde deste domingo (30). 

Em São Paulo, as manifestações tomaram a Avenida Paulista, na região central, e contaram com a presença de um dos filhos do presidenciável, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL), e de até mesmo um boneco inflável do general Hamilton Mourão (PRTB), candidato a vice na chapa de Bolsonaro.

Uma mensagem gravada pelo próprio candidato foi reproduzida em alto-falantes para seus apoiadores na capital paulista. Bolsonaro, que se recupera em casa após passar 23 dias internado por conta de facada sofrida no dia 6 de setembro, lançou a mensagem de "PT não, PT nunca", parafraseando o mote dos protestos contra ele próprio.

Manifestações a favor de Bolsonaro aconteceram no dia seguinte a protestos com mote 'Ele Não'
Antonio Cruz/Agência Brasil - 30.9.18
Manifestações a favor de Bolsonaro aconteceram no dia seguinte a protestos com mote 'Ele Não'

Frente a um mar de pessoas vestidas de verde e amarelo e segurando cartazes com mensagens contra "esquerdistas" e progressistas, Eduardo subiu no carro de som estacionado próximo ao Museu de Arte de São Paulo (Masp) e negou acusações de que a campanha da coligação 'Brasil Acima de Tudo, Deus Acima de Todos' seja "racista", "misógina", "homofóbica" ou "xenófoba". 

"Nós somos os mais tolerantes e é por isso que eles fazem o que fazem conosco. Nós queremos a união do Brasil", garantiu o filho de Jair Bolsonaro. "Nessa eleição, o Brasil vai decidir se quer se igualar ao PCC e receber ordens vindas do presídio!", bradou Eduardo de cima do carro de som, caçoando da relação do candidato Fernando Haddad (PT) com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Na paulista ,eleitores se reuniram em protesto pró-Bolsonaro em São Paulo
Protesto pró-Bolsonaro em São Paulo
Na paulista ,eleitores se reuniram em protesto pró-Bolsonaro em São Paulo

“Ele é o único contra a comunismo e que coloca a família e Deus à frente de tudo”, disse Rafael Vieira, 27 anos, um dos manifestantes presentes ao ato. À reportagem da Agência Brasil , Rafael declarou ainda que se identifica com Bolsonaro também em relação à ideologia de gênero, que seria a “destruição da família”, levando à perda da identidade das pessoas.

A manifestação na capital paulista, no entanto, foi encerrada mais cedo que o previsto devido a um forte temporal que atingiu a região por volta das 16h30 e forçou a dissipação dos manifestantes.

Leia também: Sem alarde, bispo Edir Macedo declara apoio a Bolsonaro em rede social

Manifestações em outras cidades


Já em Brasília, militantes pró-Bolsonaro fizeram uma extensa carreata pelas principais vias da cidade, incluindo a Esplanada dos Ministérios. Segundo convocação divulgada em páginas pró-Bolsonaro, as manifestações estavam programadas para mais de 50 cidades, a maioria delas nas regiões Sul e Sudeste, principal base de apoio do capitão reformado.

Em Belo Horizonte, os eleitores de Bolsonaro tomaram a Praça da Pampulha com bandeiras do Brasil e roupas em verde e amarelo.

Também foram registradas neste domingo  manifestações em cidades dos estados do Rio de Janeiro, de Sergipe, do Pará, da Bahia e do Espírito Santo.

Protesto pró-Bolsonaro em São Paulo
Protesto pró-Bolsonaro em São Paulo
Protesto pró-Bolsonaro em São Paulo


*Com informações da Ansa e da Agência Brasil