Tamanho do texto

Líder da Igreja Universal do Reino de Deus citou candidato do PSL ao responder a seguidor sobre seu 'posicionamento sobre a eleição para presidente'; PRB, ligado à IURD, integra coligação que apoia Geraldo Alckmin

Bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus, disse em rede social apoiar Bolsonaro
Reprodução/Facebook/Bispo Edir Macedo
Bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus, disse em rede social apoiar Bolsonaro

Líder da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), uma das mais influentes no País, o bispo Edir Macedo declarou em rede social que apoia o candidato Jair Bolsonaro (PSL) na disputa para a Presidência da República.

Leia também: Homossexual está na mesma categoria que alcoólatras e bandidos, diz Cabo Daciolo

O apoio ao candidato do PSL foi manifestado pelo  bispo Edir Macedo ao ser queestionado por um seguidor, durante transmissão ao vivo no Facebook, qual é seu "posicionamento sobre a eleição pra presidente".  "Bolsonaro", escreveu o líder religioso, sendo saudado por vários outros internautas que o seguem naquela rede social.

"Concordo plenamente. Esta eleição não é apenas uma luta política. Avançamos atacando o mal todos os dias e ele, está revoltado contra todo o nosso povo. Seria interessante se o senhor e a cúpula da igreja viesse a público para exteriorizar este pensamento", escreveu de volta o autor da primeira pergunta, chamado Antonio Matos.

De acordo com reportagem do jornal Folha de S.Paulo , a campanha de Bolsonaro já havia recebido a informação de que o bispo, dono da TV Record, iria apoiar o ex-capitão do Exército na corrida eleitoral. Há a expectativa para que Macedo grave um vídeo manifestando sua preferência a Bolsonaro, mas isso ainda não ocorreu.

Leia também: Por que as pesquisas eleitorais não antecipam o resultado das urnas?

Partido ligado à igreja do bispo Edir Macedo apoia Alckmin

Geraldo Alckmin conta com 28 segundos por dia na TV cedidos pelo PRB, ligado à igreja do bispo Edir Macedo
Divulgação
Geraldo Alckmin conta com 28 segundos por dia na TV cedidos pelo PRB, ligado à igreja do bispo Edir Macedo

Considerado o braço político da Igreja Universal , o Partido Republicano Brasileiro (PRB) é uma das nove legendas que compõem a coligação que defende a candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB) ao Planalto. O apoio do partido, onde vários bispos licenciados têm palavra de decisão, cede a Alckmin 28 segundos por dia no bloco fixo do horário eleitoral obrigatório.

Dono do maior tempo de exposição na TV, o ex-governador de São Paulo tem utilizado grande parte desse tempo para atacar justamente o candidato Jair Bolsonaro, que atualmente lidera a corrida eleitoral, conforme apontam pesquisas de intenções de voto. Conforme mostrou levantamento realizado pelo iGAlckmin dedica 65% de seu tempo na televisão para falar do candidato agora apoiado pelo bispo Edir Macedo . O nome do ex-capitão do Exército, inclusive, é pronunciado mais vezes na propaganda de Alckmin do que o do próprio tucano.