Tamanho do texto

Milhares se reuniram em 62 cidades brasileiras para protestar contra o deputado; atos favoráveis ao presidenciável ocorreram em 6 estados

Protestos contra Bolsonaro aconteceram em 12 estados brasileiros. Na foto, manifestação contra o deputado em BH
Reprodução/Facebook
Protestos contra Bolsonaro aconteceram em 12 estados brasileiros. Na foto, manifestação contra o deputado em BH

Milhares de pessoas se reuniram em 62 cidades brasileiras, divididas em 12 estados, para protestar contra o deputado federal e candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) neste sábado, 29 de setembro. Convocados nas redes sociais da internet sob o lema "#Elenão", os protestos contra Bolsonaro contaram com a presença majoritária de mulheres, faixa do eleitorado que mais rejeita o capitão reformado das Forças Armadas.

Leia também: Bolsonaro recebe alta do hospital três semanas após ser esfaqueado

Parte dos atos começaram pela manhã, como foi o caso de Goiânia e Rio Verde, em Goiás. Em Minas Gerais, as cidades de Alfenas, Governador Valadares, Ipatinga, Itaúna, Montes Claros, Varginha e Viçosa também se mobilizaram contra o presidenciável. Protestos contra Bolsonaro tomaram lugar, ainda, em municípios no Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro. 

Protestos contra Bolsonaro tomaram também as ruas de Goiânia na manhã de sábado (29)
reprodução / Twitter
Protestos contra Bolsonaro tomaram também as ruas de Goiânia na manhã de sábado (29)

Embora grande, a lista de cidades e estados onde manifestações contra o capitão reformado do Exército acontecem tende a aumentar ao longo do dia. Protestos na capital de São Paulo, em Brasília e em diversas outras localidades do país e do exterior estão marcados para mais tarde, depois das 16h. 

Embora as mulheres sejam maioria nos protestos, homens também cerraram fileiras contra Bolsonaro. Bandeiras de partidos políticos como PSOL, PT, PDT e PSB puderam ser vistas nas ruas, mas o discurso partidário também não predominou na maior parte das manifestações, que foram organizadas de forma apartidária.

Leia também: Bolsonaro reclama de ataque e rebate revista: "Vã tentativa de me desconstruir"

Nenhum episódio de violência ou enfrentamento foi constatado pela polícia ou pelos organizadores nas mobilizaçães contrárias ao deputado até então. Entre os cartazaes e dizeres dos manifestantes, predomina o repúdio à homofobia, ao racismo e ao fascismo, que os participantes associam à candidatura do capitão reformado.

Também no exterior aconteceram mobilizações contra a candidatura presidencial do deputado Jair Bolsonaro. Até o momento, foram registradas manifestações de brasileiros em Portugal, Irlanda, Alemanhã, Espanha e França. 

Protestos contra Bolsonaro aconteceram em diversas cidades no Brasil. Na foto, manifestação no Rio de Janeiro
Reprodução Facebook / Kamilla Ribeiro
Protestos contra Bolsonaro aconteceram em diversas cidades no Brasil. Na foto, manifestação no Rio de Janeiro

Não foram divulgados números oficiais sobre a participação de manifestantes nos protestos. Mas, pelo que se observa nas fotos divulgadas, a adesão ao chamamento do "# Elenão " foi considerável, atendendo à expectativa dos organizadores.

Não só protestos contra Bolsonaro: eleitores se manifestam em favor do candidato

Protestos contra Bolsonaro aconteceram pelo país, mas não só: na foto, manifestantes em apoio ao deputado no Rio Grande do Sul
Reprodução
Protestos contra Bolsonaro aconteceram pelo país, mas não só: na foto, manifestantes em apoio ao deputado no Rio Grande do Sul

Em menor escala, manifestações favoráveis ao candidato do PSL também ocorreram pelo país. Até o momento, atos pró-Bolsonaro tomaram as ruas em 27 cidades, espalhadas por sete estados da federação: Goiás, Minas Gerais, Piauí, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro e Tocantis.

Leia também: Ex-mulher acusou Bolsonaro de furtar cofre e ocultar patrimônio; hoje ela nega

Também neles foi percebido, até o momento, clima pacífico, como nos protestos contra Bolsonaro , mas com bandeiras com o rosto do deputado estampado e a predominância do verde e amarelo entre os manifestantes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.