Tamanho do texto

"Piauí" é um dos assuntos mais comentados do dia no Twitter neste domingo; internautas acusam candidato do PT, Wellington Dias, de "pagar por posts"

Wellington Dias é candidato ao governo do estado do Piauí pelo PT
Reprodução/Facebook Wellington Dias
Wellington Dias é candidato ao governo do estado do Piauí pelo PT

O Piauí está entre os “trending topics” do Twitter neste domingo (26), sendo assunto comentado com mais de 20 mil publicações até as 14h45. O motivo? Internautas acusam  candidato ao governo do estado pelo PT, Wellington Dias, de "pagar influenciadores digitais” para publicarem mensagens positivas sobre o político – que tenta o quarto mandato em 2018. 

Leia também: Não é só o Lula: Procuradoria vê irregularidades em mais de 1 mil candidaturas

Nos tuítes, moradores do Piauí apontam 'inconsistência' nas publicações dos supostos influenciadores digitais, que – conforme criticam – "nunca tinham falado nada sobre o estado anteriormente", e muitos "nem vivem no estado para saber sobre sua situação real".

Acusações também trazem imagem de um suposto e-mail do briefing para orientar pautas das publicações sobre o governo de Dias no estado. A mensagem teria sido enviada para uma 'influencer' chamada Isabela. 

"O conteúdo que pretendemos fazer é bastante flexível e de acordo com a linha editorial do influenciador, respeitando sempre a forma que ele se comunica com a audiência", afirma, acrescentando que a ação não é política e, sim, uma "ação que envolve uma luta por igualdade", diz trecho da oferta.

Leia também: TRE condena MBL, Kataguiri e Holiday por notícia falsa sobre Jaques Wagner (PT)

Como acontece na maioria das vezes na rede social, os internautas comentaram em tom jocoso e irônico. Veja algumas das publicações:



O iG entrou em contato com o diretório estadual do PT via e-mail para que o candidato pudesse responder às críticas, mas até o momento da publicação desta reportagem não havia recebido retorno.

Segundo o jornal Destak , a assessoria de Welligton Dias divulgou nota dizendo que não contratou a empresa, e que a ação foi elaborada pelo PT para divulgar informações. 

"Sobre a repercussão do nome do governador Wellington Dias nas redes sociais, em especial no Twitter, é importante esclarecer que esta não é uma atividade organizada pela campanha. O que se observa pelos comentários nas redes sociais e nos prints que circulam é que este é um movimento nacional, que simpatiza com a esquerda e com o Partido dos Trabalhadores. O governador Wellington foi incluído de alguma forma por fazer parte deste contexto", diz trecho da nota.

Leia também: Jair Bolsonaro pede ao TSE exclusão de reportagens sobre “Wal do açaí”

Wellington Dias é bancário e filiado ao Partido dos Trabalhadores, e tenta se reeleger para o quarto mandato como governador do Piauí

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.