Tamanho do texto

Oito candidatos estarão presentes no debate dos presidenciáveis; o ex-presidente Lula (PT), contudo, estará novamente ausente

Debate dos presidenciáveis na RedeTV! contará com oito candidatos ao cargo, mas terá a ausência de Lula (PT),
iG São Paulo
Debate dos presidenciáveis na RedeTV! contará com oito candidatos ao cargo, mas terá a ausência de Lula (PT),

Acontece nesta sexta-feira (17), às 22h, o segundo debate entre os candidatos à presidência da República nas eleições de 2018. Confirmara presença no debate dos presidenciáveis Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB), Jair Bolsonaro (PSL), Álvaro Dias (Podemos), Cabo Daciolo (Patriota) Guilherme Boulos (PSOL) e Henrique Meirelles (MDB).

Leia também: Defesa de Lula pede a Barroso liminar para garantir petista em debate

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), líder nas pesquisas eleitorais e preso desde abril em Curitiba, estará novamente ausente do debate dos presidenciáveis . A defesa do líder petista entrou com pedidos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) requerendo sua participação no programa, mas os pedidos foram negados.

Frente à impossibilidade de Lula participar do debate, o Partido dos Trabalhadores queria que o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad , vice na chapa, representasse o ex-presidente. A emissora, contudo, não concordou, e, conforme as regras acordadas com os partidos, o lugar do PT no debate ficará vazio.

Leia também: Debate de candidatos ao governo de SP é marcado por clichês e formato falho

No primeiro bloco do programa, os candidatos terão de responder à uma pergunta elaborada pela produção da RedeTV!. Depois disso, perguntas dos eleitores serão direcionadas aos presidenciáveis. Ao fim da primeira parte, candidato pergunta para candidato, com direito a réplica e tréplica.

No segundo bloco, os jornalistas farão perguntas aos políticos. No bloco seguinte, retorna o confronto direto entre os pleiteantes ao Planalto. 

No quarto e último bloco, é a vez das considerações finais dos candidatos, de tema livre.

O debate dos presidenciáveis acontece em um dia movimentado na corrida eleitoral. Isso porque, na manhã desta sexta-feira (17), o Comitê de Direitos Humanos e Políticos da Organização das Nações Unidas concedeu uma liminar à Lula, determinando que o governo brasileiro permita que o ex-presidente concorra à presidência da República. Autoridades do governo, no entanto, demonstraram inclinação em desrespeitar a decisão colegiada da ONU.

Leia também: Veja minuto a minuto como foi o debate na Band entre os presidenciáveis de 2018

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.