Juiz Renato Borelli sofre ataque com fezes
Arquivo Pessoal: 07.07.2022
Juiz Renato Borelli sofre ataque com fezes

A Polícia Federal abriu inquérito para apurar ameaças feitas ao juiz da 15ª Vara Federal de Brasília Renato Borelli, responsável por determinar a prisão do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro.

O caso tramita na Superintendência da PF no Distrito Federal e vai apurar tanto as ameaças enviadas por redes sociais como o ataque feito na quinta-feira ao veículo do magistrado com fezes e ovos, que ocorreu nas proximidades de sua residência no DF.

Ao abrir o inquérito, a PF pediu à Justiça Federal mais dados sobre as ameaças proferidas, para poder avançar com as investigações. O foco é identificar os autores dessas ameaças. O ataque com fezes ainda não havia sido formalmente comunicado à Polícia Federal até a noite de ontem.

O fato pode configurar crime de ameaça, punível com detenção de um a seis meses, ou até mesmo outros delitos. Milton Ribeiro e os outros alvos da operação foram soltos um dia depois da prisão, por decisão liminar do desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários