Vítima prestou depoimento na sede da DAS
Reprodução
Vítima prestou depoimento na sede da DAS

Um casal foi preso após policiais da Delegacia Antissequestro (DAS) serem acionados por uma recepcionista levada até a especializada por agentes da Operação Copacabana Presente, nesta terça-feira, dia 19. A mulher havia recebido ligações, pelo celular da filha de criminosos que exigiam o pagamento de um resgate para liberta-la de um suposto sequestro.

A jovem, de 19 anos, entretanto, também foi levada a acreditar pelos bandidos que sua mãe também estava sendo vítima do mesmo crime e acabou por entregar a eles objetos pessoais e fazer uma transferência no valor de R$ 5 mil.

De acordo com o capitão Rosemberg Lima, coordenador da Operação Copacabana Presente, uma guarnição do programa foi procurada pela recepcionista no bairro, por volta de 7h. Ela saía do trabalho e recebia ligações dos criminosos. Os agentes a levaram até o apartamento da família, em Jacarepaguá, e depois a encaminharam a 12ª DP (Copacabana) e então a DAS.

Segundo as investigações da especializada, pouco mais cedo, os bandidos convenceram a filha a ir até uma praça em Bangu, onde a fizeram entregar a mochila e outros pertences, entre eles o celular, sob o pretexto de que mantinham sua mãe sob cárcere privado. A jovem percorreu outros bairros, como Botafogo, onde fez as transações bancárias para os supostos sequestradores.

Após rastrear as contas favorecidas pelas transferências, os policiais conseguiram chegar até um casal, morador de Queimados, na Baixada Fluminense, e prendê-lo em flagrante pelo crime de extorsão.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários