Consultório é lacrado por policial
Reprodução
Consultório é lacrado por policial

Um homem foi detido na tarde desta quarta-feira (23), por policiais da 5ª DP (Centro), numa clínica odontológica na Rua Luis de Camões, no Centro do Rio . Identificado pela polícia como sendo Valdir da Silva Moreira, ele é acusado de exercício ilegal da Medicina. O consultório já havia sido interditado no ano passado por policiais da Delegacia de Crimes contra as Relações de Consumo (Decon), que encontraram produtos impróprios para o consumo no local. Agora, foi novamente interditado e, desta vez, lacrado.

falso dentista já é um velho conhecido da polícia, pois já havia sido preso em outras duas situações, sempre pelo mesmo delito, em 2013 e 2017. Na ocasião de sua segunda prisão, o acusado havia realizado um tratamento dentário em um turista italiano, num procedimento mal sucedido, que trouxe danos à saúde do paciente.

Embora não estivesse clinicando no momento em que a polícia chegou, os agentes encontraram no imóvel um consultório dentário completo, inclusive com o ar-condicionado em funcionamento e folhetos de propaganda. Questionado, o homem disse ser protético e afirmou que alugava o local para que dentistas ali trabalhassem.

Porém, quando os policiais entraram em contato com um dos  dentistas apontados por ele, este informou jamais ter exercido sua atividade naquele local. O acusado foi autuado pelo artigo 282 do Código Penal, que trata de exercício ilegal da Medicina, Arte Dentária ou Farmacêutica, mas não ficou preso.

Leia Também

"A infração é de menor potencial ofensivo. Ou seja, ele assumiu por escrito o compromisso de comparecer em juízo e foi liberado", explicou o delegado Bruno Gilaberte.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários