Nayra Gatti foi encontrada morta com sinais de estrangulamento
Reprodução/redes sociais
Nayra Gatti foi encontrada morta com sinais de estrangulamento

A Polícia Civil da Bahia investiga a morte de uma adolescente de 14 anos na Aldeia de Xandó, na Vila de Caraíva, um distrito de Porto Seguro e requisitado destino turístico da região. Nayra Gatti passou cerca de 24h desaparecida e foi encontrada com sinais de estrangulamento em uma área de mangue, na última sexta-feira.

A adolescente desapareceu durante uma interrupção no serviço de eletricidade.  A região foi uma das mais afetadas pelas fortes chuvas no sul da Bahia e sofreu com blecautes ao longo de 36 horas.

A morte de Nayra gerou comoção na comunidade e nas redes sociais.

"Pessoas que viram o corpo e alguns jornais, afirmam que havia sinais de estrangulamento e estupro. Até agora eu não soube de nenhum informe oficial confirmando. A comunidade segue cheia de rumores e poucas respostas", escreveu uma moradora no Instagram.

Leia Também

Nayra tinha nacionalidade espanhola e morava com o pai, o argentino Sebastian Gatti, e a irmã de 6 anos. De acordo com o portal "UOL", a adolescente recebia tratamento psicológico.

Procurada pelo GLOBO, a Polícia Civil da Bahia informou que as investigações estão sendo realizadas pela Delegacia Territorial de Porto Seguro, que "desde o momento do crime, intensificou as apurações com o intuito de identificar a autoria e motivação".

A corporação acrescentou que não pode passar mais detalhes do caso para não interferir no andamento do trabalho investigativo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários