Homens são suspeitos de explodir caixas eletrônicos
Reprodução / TV Globo
Homens são suspeitos de explodir caixas eletrônicos

Nesta quarta-feira (8), oito homens suspeitos de planejar um ataque a caixas eletrônicos foram mortos durante uma ação da Polícia Militar no município de Araçu, em Goiás . O grupo estava em uma chácara, onde foram apreendidas dez armas, de acordo com a PM.

A identificação dos suspeitos será feita pela Polícia Civil, mas todos eles eram de São Paulo e tinham passagem por roubo de cargos e banco. Nenhum policial ficou ferido durante a ação.

O serviço de inteligência da polícia recebeu informações sobre a localização dos suspeitos nessa terça (7), quando a operação foi montada.

"Não sabíamos a quantidade de pessoas, apenas que estavam fortemente armados. Deslocamos para lá com a intenção de realizar a abordagem, fomos recebidos com disparos de armas de fogo e revidamos à injusta agressão", disse o coronel Marcelo Granja ao G1 .

Os suspeitos baleados chegaram a ser levados ao Pronto Socorro de Araçu, informou a PM, mas eles não resistiram aos ferimentos e morreram. 

Leia Também

Além das armas, no local também foram encontrados três rádios comunicadores, explosivos e celulares.

O coronel informou que a corporação acredita que os suspeitos planejavam crimes na cidade de Nova Crixás, no mesmo estado. "Encontramos alguns documentos de que um deles esteve em menos de uma semana em Nova Crixás, provavelmente realizando levantamentos do local, o que nos leva a crer que eles atuariam nessa cidade", afirmou.

A chácara onde os homens estavam era alugada para festas e eventos e, de acordo com o coronel, a corporação ainda encontrou áudios nos celulares deles que indicavam que outras pessoas estariam a caminho da cidade para ajudar no suposto crime.

"Os celulares deles tinham vários áudios comunicando que provavelmente alguns estariam deslocando para que retornassem com mais pessoas, a fim de cometerem o crime no que tange ao novo cangaço em Goiás", completou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários