Mulher foi presa acusada de extorquir padre
Reprodução
Mulher foi presa acusada de extorquir padre

Uma mulher de 27 anos foi presa acusada de extorquir um  padre de 50 anos, da Diocese de Catanduva (SP), após flagrar uma conversa íntima do marido dela com o pároco em junho deste ano e começar a exigir dinheiro do religioso para que ela ficasse em silêncio sobre o assunto. 

Ele chegou a pagar R$ 3 mil pelo sigilo da mulher, mas ela continuou exigindo mais dinheiro e pediu mais de R$ 20 mil para que as conversas continuassem em segredo. Por não ter condições de pagar o que era exigido pela mulher, o padre denunciou o caso de extorsão à polícia.

O padre teria sido orientado pelos agentes a dizer que faria o pagamento. No dia 15 de setembro, a mulher enviou um mototaxista para buscar a quantia na casa do pároco e os policiais acompanharam o mototaxista até o local de trabalho da mulher. Assim que ela pegou o envelope acreditando ser o dinheiro, foi presa em flagrante.

No dia seguinte, a Justiça concedeu liberdade provisória à mulher, mas, por determinação, ela não pode manter contato com o padre e deve comparecer ao Fórum mensalmente, para informar suas atividades, enquanto responde ao crime.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários