Acidente de avião com empresário da Cosan
Reprodução
Acidente de avião com empresário da Cosan



Investigadores da polícia civil e do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) apuram as causas do acidente aéreo que matou sete pessoas ontem (14) em Piracicaba , no interior paulista.

De acordo com o Cenipa, integrantes do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa IV) estiveram no local para identificar indícios, fotografar cenas, coletar partes da aeronave para análise, ouvir relatos de testemunhas e reunir documentos.“Não existe um tempo previsto para essa atividade ocorrer”, apontou o Cenipa em nota. O órgão informou ainda que o objetivo da investigação é evitar que acidentes semelhantes ocorram.

“A conclusão das investigações terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade de cada ocorrência e, ainda, da necessidade de descobrir os fatores contribuintes”, acrescenta a nota.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que o caso foi apresentado ao 5º Distrito Policial de Piracicaba e que foram solicitados exames periciais ao Instituto de Criminalística e Instituto Médico Legal (IML). A ocorrência foi registrada como sinistro em transporte aéreo.

Leia Também

O acidente

O empresário Celso Silveira Mello Filho, a esposa Maria Luiza Meneghel e os três filhos do casal (Celso, Fernando e Camila) estão entre as vítimas da queda do avião.

Também morreram o piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo. As informações foram confirmadas pela empresa Cosan, da qual Mello Filho era acionista.A aeronave executiva de pequeno porte, modelo King Air 360, caiu em uma área de vegetação em Piracicaba por volta das 8h30 e provocou um incêndio no local.


Além de acionista da Cosan, Mello Filho era irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello. O grupo Cosan atua nos setores de agronegócio, distribuição de combustíveis e de gás natural e de lubrificantes e logística.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários