Cristiane Nogueira da Silva, de 48
Reprodução/redes sociais
Cristiane Nogueira da Silva, de 48


Após resultado do laudo do Instituto Médico Legal, a Polícia Civil confirmou que foram encontrados indícios de afogamento no corpo de Cristiane Nogueira da Silva, desaparecida a uma semana, e encontrada neste domingo (29) na Restinga da Marambaia, na Zona Oeste do Rio. Os legistas não encontraram sinais de lesão por violência no cadáver. De acordo com o delegado Vilson Almeida da Silva, da 166ª DP (Angra dos Reis), a causa da morte não pôde ser determinada devido ao avançado estado de decomposição do corpo.

"Pelo menos um sinal de afogamento não foi encontrado. Mas o legista não encontrou sinal de lesões violentas. A causa da morte foi indeterminada devido ao avançado estado de decomposição do corpo", diz o delegado.


A polícia e o Corpo de Bombeiros continuam realizando buscas para tentar encontrar Leonardo e a embarcação desaparecida. A confirmação de que houve um pedido de socorro reforça a hipótese, segundo a polícia, de que a embarcação usada pelo casal pode ter naufragado em algum ponto da Baía da Ilha Grande, principalmente na área próxima à Marambaia.

A Polícia Civil também obteve imagens de câmera de segurança da área externa da casa em que estavam Leonardo e Cristiane pouco antes de saírem para um passeio no mar. As gravações mostram o momento em que o casal deixa o imóvel, pouco depois das 17h do dia 22 de agosto. Nas imagens, Leonardo sai da casa primeiro e Cristiane, em seguida, após trancar a porta. Os dois caminharam em direção ao mar para o embarque.

Você viu?

O casal viveu junto por dois anos e estava separado, de acordo com familiares, por igual período. Os dois estavam ensaiando uma reconciliação e passavam o fim de semana em uma casa, na Ilha Grande. Segundo a polícia, há indícios de que a causa da morte de Cristiane seja afogamento. O corpo dela, encontrado na Marambaia, depois de ter ficado desaparecido por mais de uma semana, será cremado. O velório será realizado no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste do Rio, na quinta-feira, às 11h, segundo a família.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários