Crime aconteceu dentro de presídio em Santa Catarina
Reprodução
Crime aconteceu dentro de presídio em Santa Catarina

Em Joinville (SC), um homem foi condenado por matar um colega de cela no Presídio Regional do município com 237 golpes de um objeto perfurante e depois estrangulá-lo . Outros seis réus também foram denunciados pelo Ministério Público pelo mesmo crime e ainda serão julgados. As informações são do portal NSC Total .

Segundo a publicação, o suspeito foi condenado a 19 anos, dois meses e dois dias de reclusão por homicídio qualificado. A pena do homem também foi aumentada devido ao agravante de reincidência, mas a decisão ainda pode ser recorrida.

O homem, com a ajuda de outros seis detentos, teria atacado Marcelo da Silva enquanto ele dormia, em 28 de janeiro de 2019, de acordo com a denúncia da 23ª Promotoria de Justiça.

Em sua decisão, o promotor Marcelo Sebastião Netto de Campos disse que, além do ataque ter ocorrido quando a vítima dormia, o réu também utilizou de crueldade.

Conforme o MP, o suspeito amordaçou a vítima com uma camisa. Além disso, o homem também foi segurado enquanto era atacado com diversos golpes e, depois,  estrangulado com um cordão.

A investigação ainda mostrou que, inicialmente, um detento que não participou do crime havia assumido a culpa após ser ameaçado, já que estaria em "débito" com a facção. No entanto, ele mudou a versão mais tarde.

Testemunhas também afirmaram que o crime teria sido motivado por rixas entre facções rivais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários