A Rua Manoel Lopes de Oliveira, em Itaboraí, onde o bebê foi encontrado
Reprodução/Google Street View
A Rua Manoel Lopes de Oliveira, em Itaboraí, onde o bebê foi encontrado

O corpo de um  bebê foi encontrado por agentes do 35º BPM (Itaboraí), no início da manhã dessa terça-feira (10), em um terreno baldio nos fundos de uma casa no bairro Ampliação, em Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro .

Os policiais militares foram até o local, situado na Rua Manoel Lopes de Oliveira, dentro da comunidade Rato Molhado, depois que moradores acionaram o 190 informando que o  bebê havia sido achado mutilado, sem braços nem pernas. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSI).

O delegado Bruno Cleuder de Melo, titular da especializada, informou, no fim da tarde, que uma mulher identificada como a mãe da criança encontra-se na sede da DHNSI. Ela foi detida perto do ponto em que o bebê foi abandonado, com os pés sujos de sangue, como registrou o jornal "O São Gonçalo", e passará por atendimento médico. Contudo, só um exame de DNA poderá confirmar a maternidade.

Estima-se que o bebê do sexo masculino, de aproximadamente 30 centímetros, encontrava-se no sexto mês de gestação. A pouco mais de 300 metros do local onde estava a criança, os PMs do 35º BPM encontraram uma placenta.

Peritos da Polícia Civil examinaram toda a cena. A princípio, a principal hipótese é que os membros da criança tenham sido arrancados por algum animal, já que a constituição física do bebê, nesse período da gravidez, ainda é muito frágil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários