Polícia recebe denúncias de Lázaro Barbosa, de 33 anos, foragido há 15 dias
Polícia Civil DF
Polícia recebe denúncias de Lázaro Barbosa, de 33 anos, foragido há 15 dias

Depois do grande volume de denúncias e muitos trotes, a Secretaria de Segurança Pública de Goiás anunciou uma nova ferramenta para ajudar nas buscas por Lázaro Barbosa , de 33 anos. Os moradores das proximidades de Cocalzinho (GO), onde o fugitivo foi visto pela última vez, poderão utilizar agora o aplicativo Brasil Mais Seguro , que utiliza a técnica de georreferenciamento e filtra os avisos da população em um raio de 100 quilômetros.

O uso do aplicativo será exclusivo para denúncias sobre o Caso Lázaro . A ferramenta é gratuita e pode ser baixada em celulares com os sistemas Android e IOS. Com isso, o objetivo é identificar a localização dos denunciantes e evitar novos trotes, facilitando também a apuração posterior dos agentes da força-tarefa. A medida também foi implementada, segundo a SSP/GO, para garantir a segurança da população.

Segundo a delegada Paula Meotti, da Polícia Civil, até o momento foram registradas 3,8 mil denúncias.

"Infelizmente, a maioria dessas notícias não auxiliam a polícia diretamente na localização e nas investigações. São mais sugestões, palpites da população. A gente pede responsabilidade, que não nos sejam encaminhadas notícias que não sejam verídicas. Nós estamos com analistas 24 horas no Disque Denúncia para processar informações. Pedimos para a sociedade se limitar a nos passar dados reais, concretos e informações que nos auxiliem na localização do Lázaro e nas investigações ".

A tecnologia de georreferenciamento também ajudará as forças de segurança a fecharem o cerco sobre a possível localização de Lázaro , a partir do local onde a denúncia foi feita. O Tenente Coronel Pedro Henrique Batista, da Polícia Militar, explicou como esse trabalho será realizado.

"A partir do momento que a pessoa aciona o botão do alerta, seja com a localização ou com o texto, essa informação já chega georreferenciada para nós. E aí vamos administrar a parte operacional para ver qual recurso nós empregaremos, se vai ser um helicóptero ou uma equipe terrestre. Foi delimitado um raio de 100 quilômetros da região, até porque nós recebemos muitas denúncias de outros estados. Facilita um filtro natural porque a gente quer pessoas que tenham informações reais".

Nesta quarta-feira, a caçada a Lázaro entra no 15º dia . As equipes permanecem numa região de mata em Cocalzinho de Goiás . Duzentos e setenta policiais participam das buscas, que contam com helicópteros, drones, cães farejadores e a cavalaria.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários