Conjunto habitacional no Parque Edu Chaves é famoso pela venda de drogas e um área de risco, onde o trabalho da PM precisa ser feito com eficiência

Existem pontos onde o movimento do tráfico de drogas é mais forte na capital paulista. Esses locais geralmente representam mais perigo e maior dificuldade na hora de conseguir sucesso nas operações. Mas não quando falamos do Canil da PM.

Leia também: Vídeo mostra o momento em que cão do Canil da PM encontra drogas em SP; assista

Canil da PM faz grande apreensão de drogas na zona norte de São Paulo
Divulgação/Canil PM
Canil da PM faz grande apreensão de drogas na zona norte de São Paulo

"Nós montamos uma operação para apreender drogas no CDHU do Parque Edu Chaves, zona norte de São Paulo. Ali, o pessoal vende muito e costuma reagir contra ações de viaturas de área", revela o Tenente Miranda do Canil da PM .

Os Policiais foram em quatro viaturas, a chegada foi surpresa e pegou os criminosos na prática do tráfico. "Duas viaturas foram por uma entrada dos prédios e duas ficaram do outro lado, uma ação que a gente chama de martelo e bigorna. Três homens correram e deram de cara com a gente e foram detidos", continua o Tenente.

Leia também: Cavalaria da PM prende assaltante com arma falsa no centro de São Paulo

Com os três suspeitos (um deles era menor), os PMs encontraram pequenas porções de entorpecentes. "Eles estavam com aquela quantia que pegam para vender no dia. Fizemos essa apreensão e começamos a passar os cães de faro, o cão Seth do Soldado Eduardo e Anúbis com o Cabo Pedro", diz o Tenente.

Não demorou muito e a varredura com os cães apresentou resultado. "Eles indicaram vários pontos onde havia odor de entorpecentes. Os traficantes escondem drogas nas garagens, registros de gás e até em uma mesa de bilhar. Conseguimos apreender uma grande quantidade no CDHU", finaliza o Tenente Miranda.

Os PMs encontraram dez tijolos de maconha, 400 potinhos plásticos transparentes médios vazios, 404 potinhos plásticos transparentes pequenos vazios, 1141 potinhos plásticos com maconha, 660 invólucros de maconha, 176 pinos de cocaína e R$ 6 mil. Todos os criminosos foram encaminhados para o 73º Distrito Policial e vão responder por tráfico de drogas, associação ao tráfico e corrupção de menor.

Canil da PM apreendeu também R$ 6 mil durante operação
Divulgação/Canil PM
Canil da PM apreendeu também R$ 6 mil durante operação


Quais são as raças de cães que a PM usa? 

São seis raças: Pastor Alemão, Pastor Holandês, Pastor Belga Malinois, Rottweiler, Bloodhound e Labrador. As missões de cada raça são divididas de acordo com suas habilidades específicas, como: faro, resistência, inteligência, agressividade, etc...

Leia também: silencioso, COE surpreende criminosos durante operação em comunidade de SP

Um Labrador, por exemplo, não é indicado para fazer policiamento ostensivo, porque geralmente não possui a agressividade necessária. Normalmente, o Labrador é usado para farejar entorpecentes e explosivos. Já o Pastor Belga Malinois é utilizado pelo  Canil da PM  para policiamento e também faro. O Bloodhound tem aptidão para busca de pesso as .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.