O tesouro foi encontrado há alguns dias por um homem que não quis ser identificado
Reprodução/Youtube
O tesouro foi encontrado há alguns dias por um homem que não quis ser identificado



Depois de ficar escondido por mais de 10 anos, um baú do tesouro  - contendo pepitas de ouro e pedras preciosas - foi encontrado na loclaidade conhecida como Rocky Mountains, nos EUA. O baú foi enterrado pelo negociante de arte milionário Forrest Fenn e suas únicas pistas incluíam um mapa e um poema . Mas, após inúmeras missões, a busca acabou.

Confira ainda:

Segundo a CNN, Fenn escreveu que "o tesouro foi encontrado" em um comunicado oficial à imprensa. " Não conheço a pessoa que o encontrou, mas o poema em meu livro o levou ao local exato".

Você viu?

"O cara que o encontrou não quer que seu nome seja mencionado. Ele é do leste do país", afirmou Feen, que acrescentou que a descoberta foi confirmada por uma fotografia.

A busca pelo tesouro escondido se tornou uma verdadeira sensação, atraindo dezenas de milhares de pessoas a tentar decifrar as pistas e embarcar no que elas esperavam que fosse uma caminhada que mudaria a vida completamente. Mas, durante anos depois que as primeiras pistas apareceram no livro auto-publicado de Fenn, "The Thrill of the Chase", ninguém conseguiu encontrar o lugar certo.

Para alguns, tornou-se uma obsessão perigosa: no processo de procurar o tesouro que valeria até US$ 2 milhões, pelo menos quatro pessoas morreram .

Após relatos de que os pesquisadores haviam morrido enquanto procuravam seu tesouro, Fenn tentou inibir as pessoas de assumirem riscos. Três anos atrás, ele disse acreditar que pelo menos 250 mil caçadores  procuraram o esconderijo. 

Fenn, que completará 90 anos em agosto, prometeu nunca revelar onde escondeu o prêmio. "Se eu morrer amanhã, o conhecimento desse local ficará comigo no caixão", afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários