homem
Reprodução/Facebook
"É um tipo de masturbação uretral, que é a inserção de um objeto ou líquido na uretra", explicou o médico



Um homem de 30 anos  inseriu  o cabo de um carregador de celular no próprio pênis . Afirmando estar com fortes dores abdominais, ele foi levado ao hospital, mas mentiu aos médicos que havia ingerido o cabo de quase dois metros de comprimento pela boca. O incidente bizarro aconteceu na Índia.

Leia também:

Os médicos decidiram fazer um teste de fezes e uma endoscopia para determinar o paradeiro do fio. "O paciente veio até nós com fortes dores no abdômen e nos disse que ingeriu um cabo por engano. Examinamos as fezes e também fizemos uma endoscopia, mas não conseguimos encontrar o cabo. Quando o operamos, não havia nada em seu trato gastrointestinal", disse o cirurgião Walliul Islam ao site News 18. 

A mentira só foi descoberta na mesa de cirurgia, quando um exame de raio-X apontou o objeto na bexiga do indiano. 

O médico que tratou o homem compartilhou a experiência sinistra no Facebook, mostrando o cabo sendo retirado com sucesso.

No post do Facebook, Islam escreveu que "após 25 anos de experiência em cirurgia, continuo sendo surpreendido e chocado com casos como este em que minhas habilidades intelectuais e cirúrgicas são desafiadas".

Islam ainda contou ao News18 que o paciente tem o hábito de inserir cabos e outras coisas através do pênis para prazer sexual.  Mas, dessa vez, as coisas não saíram conforme o planejado.


    Veja Também

      Mostrar mais